terça-feira, 17 de maio de 2011

Desabafo de um cidadão kaloreense

Olá! Me chamo Diego Rafael Fiori, sou um cidadão Kaloreense de 21 anos e venho através dessa nota expor a minha opinião, mesmo um tanto quanto inútil para a mente de alguns, sobre a situação política de nossa querida cidade de Kaloré.

Tenho visto em blogs e sites de jornais muitos comentários sobre nossa cidade. Quanta conversa inútil, pois essa discussão não levara a lugar algum e o  município  ainda permanecerá nesta situação vergonhosa. Esta discussão pode continuar o resto do mandato atual e mesmo assim não levará a nada, pois muitos nem coragem de mostrar a cara têm, ou seja, fala e não assume sua identidade, o que posso julgar ser atitude de pessoa sem caráter, outras pessoas fazem aquele discurso que eleições não seriam a melhor forma de resolver a situação, e ainda afirmam que eleições indiretas seriam a solução.

Afirmo com convicção que errado foi quando começou essa patifaria, quando ouve a primeira cassação no mandato passado e não houve eleições novamente, pois foi ai que se iniciou essa bola de neve. Acredito no direito das pessoas darem opiniões sobre os acontecimentos, mas pelo menos falem alguma coisa verdadeira e que tenha um conteúdo inteligente, tentem dar opiniões que sugiram pelo menos uma solução verdadeira e útil e não fofocas com assuntos fora do contexto, pois aparentemente as pessoas que tem comentado as notícias são pessoas inteligentes.

As pessoas perderam o respeito, cada um quer a brasa para o seu peixe e pensam apenas no agora, esquecem de pensar no bem da comunidade. Reflitam bem, estamos a pouco mais de um ano para que as novas eleições aconteçam, faça um levantamento do que Kaloré melhorou e piorou nesse intervalo de tempo. Fez? Agora exponha qual a porcentagem positiva e negativa? Creio que não seja nem necessário fazer isso, pois é visível a degradação do município, não apenas na parte física como ruas, escolas, saúde, mas no respeito ao próximo, no respeito aos funcionários públicos, no atendimento à população, na qualidade dos serviços prestados.

As ofensas, tanto verbal quanto corporal, estão se tornando uma coisa normal. Os valores e o respeito já estão escassos e enquanto isso os beneficiados, ou seja, os candidatos ou governantes, ficam assistindo de camarote e ilesos. Os prejudicados são a própria população, que convivem com maus exemplos para filhos e futuras gerações. Essa situação torna os filhos de Kaloré competidores de uma forma egoísta, ou seja, não se preocupam com os resultados para o coletivo e sim no bem próprio, e para isso vale tudo, até tomar atitudes impensáveis para alcançar seus desejos.

Isso é uma vergonha para uma cidade do tamanho de Kaloré, onde todo mundo conhece todo mundo e se não conhece pessoalmente, conhece alguém que conhece.

As eleições são direito do povo, o país é democrático, pelo menos é que se apresenta na constituição brasileira e nos direitos humanos, não é preciso estudar muito ou ter nível acadêmico para saber que o povo tem direito de escolher seu representante, falo isso como cidadão e eleitor, pois pago impostos e exijo que meus direitos sejam atendidos, deixo claro também que não dependo de prefeitura e nem de favores de políticos e que também nunca fui pessoa de me envolver e me declarar politicamente, mas um caso de tamanha afronta e desrespeito aos direitos do cidadão eu não poderia ficar em silêncio, já passou da hora das pessoas se declararem e exigirem seus direitos que são pagos todo dia em cada imposto cobrado e também não pensar apenas em apoio ao partido e na auto realização da vitória, porque isso já esta virando roteiro de novela, enquanto o público fica aqui vendo essa novelinha que não vai levar a nada.

Kaloré só irá melhorar e tomar um rumo certo quando as coisas mudarem, quando as pessoas verem que estão escolhendo muito mal seus representantes e quando encerrar essa novela, “que pelo visto esta longe de terminar”, talvez possamos ter uma cidade mais justa, enquanto isso quem paga o preço somos nós.

Pra encerrar esse desabafo gostaria de lembrar, a todos que lerem essa nota que esse clima hostil que paira sobre nossa cidade foi amplificado nos últimos meses por pessoas que querem o poder a qualquer custo. Primeiro fizeram de tudo para que houvesse novas eleições, depois tentaram várias manobras para que houvesse apenas um candidato, e por último e pior de todos ardis utilizados, conseguiram suspender as eleições.

Mas a justiça vai resolver isso também e tenho certeza que terei meu direito de escolha assegurado. Gostaria de pedir à população que aproveite esse momento para aprender a cobrar e exigir também. Deixem o medo de lado e passem a cobrar o melhor desempenho de nossos governantes. Passe a exigir um bom atendimento, no hospital, nas escolas, na garagem, na prefeitura. Acredito que a cidade vai sair ganhando com todos esses episódios tristes da política kaloreense, onde passamos a ser motivo de piada na região, a população pode e vai reagir e a partir dos próximos mandados a coisa será diferente por aqui. Haverão mais pessoa dispostas a reinvindicar seus direito de forma mais incisiva e também de forma mais coletiva, onde o bem comum prevaleça sobre os privilégios individuais de poucos.

3 comentários:

Raridades disse...

Concordo em grau número e gênero no que foi dito pelo Diego, morei a muito tempo em Marumbi, cidade vizinha a Kaloré e não tenho medo nem vergonha de afirmar que me orgulho muito disso, o que precisamos é parar e olhar para nós mesmo, como pessoas que possuem identidade própria e o que é melhor decisões próprias, a muito tempo acabou o medo e a insegurança do "cabresto político" portanto pensem por sí só e façam a escolha certa, pois o que manda é a sua consciência.

vinicius disse...

Todas essas pessoas de Kaloré deveriam tomar vergonha na cara, essa porra dessa guerra política que está acontecendo na nossa cidade é causada por pessoas que não tem mais nada o que fazer da vida, pensam só em agredir moralmente, verbal mente e fisicamente as outras pessoas. (como citou meu grande amigo Diego Fiori).
Essa batalha política, acaba separando amizades, casais e até laços familiares. E quem vai acabar ganhando com isso são os nossos queridos candidatos a prefeito, que nesse momento estão andando ai pelas ruas, e vendo pessoas ignorantes brigando e trocando ofensas pelas ruas.
Acho que um dia essa guerra vai acabar, torço muito por isso. Mas temo que isso só será possível se Kaloré voltar a ser um simples distrito. Assim as pessoas da nossa cidade vão perceber o que perderão, e verão que já é tarde para tentar fazer algo pelo nosso município.

Luís Fernando Stencel disse...

Toda essa injustiça acontece porque boa parte do povo trata as eleições como se fossem um campeonato de futebol, onde você escolhe um time e torce por ele. Quando o seu time perde, você vai pra casa, fica triste, até com um certo receio de encontrar com alguém que o ridicularize, mas pensa assim:" Na próxima vez meu time vai ganhar". Mas se o seu time ganha, você sai pela rua comemorando, se gabando pela conquista e se sente realizado.
A diferença é que o resultado de um campeonato de futebol não causa nenhuma mudança nas nossas vidas.
O que eu quero dizer é que as pessoas não podem simplesmente escolher um lado político apenas pelo prazer da vitória momentânea, mas sim escolher aquele que é representado por uma pessoa realmente irá trabalhar pelo bem estar delas, seja em nível municipal, estadual ou federal. Apenas com essa escolha certa, a sensação de orgulho pela vitória conquistada poderá durar por muito mais tempo.