sábado, 12 de abril de 2008

Abstrações e Psicologismos

Sonegação negando a certeza
Patologias que adoecem pra vida
Saudades querendo não ver
Semelhanças que lembram o diverso

Abstrações de mentes perturbadas
Psicologismos de gentes equivocadas
Perdição como face dos sonhos
Pesadelos como cena do crime

O fogo acalmando o espírito
Virtudes que escondem o proibido
Ódios sentindo tesão
Esconderijos que revelam o que são

Brasas como gelo no whiski
Lama como apoio aos medos
Verbos como inicio de tudo
Provérbios como provas do mundo

Inimigos tecendo o perdão
Ironias que querem dizer
Palavras soando em vão
Promessas que fingem fazer

Sonhos como vidas sem ar
Respiração como incentivo ao fim
Manhãs como inicio e fim
Finais como alegrias e dores

Problemas durando a morte
Mentiras que cheiram a sorte
Rancores valendo a razão
Alianças que trincam na mão

Estranhos como querem lá fora
Mentiras como são no sermão
Caminhos como guerra agora
Guerras como acordo de então


SILVA, Edmilson R. Textos Sobre Assuntos Aleatórios, Mas Sem Importância Alguma. Edição Única. Kaloré: Liberdade, 2007.

Um comentário:

filosofo denis disse...

muito loco, abstrato, bizarro e real....valeu filósofo vou usar isto nas aulas de filosofia
denis